Case Mueller Lavadoras

MUELLER ELETRODOMÉSTICOS OTIMIZA A PRODUÇÃO COM PREACTOR. 

 

Em 13 de junho de 1949 foi iniciada a Walter Mueller Ferraria, onde o imigrante alemão Walter Mueller teve a grande inspiração de criar a “Pioneira”, a lavadora de roupas que deu origem à Mueller Lavadoras, a primeira unidade de negócios da Mueller, que, portanto, está há mais de sessenta anos no coração da família brasileira, sendo uma das mais tradicionais fabricantes de linha branca do Brasil.

Foto Principal

Figura 1 – Walter Mueller e sua grande inspiração

 

A Walter Mueller Ferraria progrediu rapidamente e em pouco mais de meio século transformou-se em um conglomerado de indústrias sob o guarda-chuva do chamado Grupo Mueller, onde a fabricação da “Pioneira” se transformou na Mueller Lavadoras, semente de outras unidades de negócio igualmente importantes como a Motores Hercules, a Mueller Fogões e a Thor Condutores Elétricos.

A Mueller Lavadoras, a mais antiga unidade de negócio do grupo, conta hoje com cerca de 477 colaboradores, em 20 mil m2 de área construída, fabricando cerca de 18 itens diferentes, com capacidade de aproximadamente 135 mil unidades por mês entre lavadoras, secadoras e tanquinhos.

Foto2 Placa

Figura 2 – Mueller Lavadoras – Timbó/SC Brasil

 

DESAFIO

 

Apesar de utilizar uma abordagem de linhas dedicadas para programar as oito linhas de montagem, a Mueller Lavadoras sentia forte necessidade de melhorar o sequenciamento de produção, a partir do nivelamento da injeção das peças das lavadoras, que é realizada por um conjunto de 35 injetoras, sendo 10 pequenas, 13 médias e 12 grandes. Antes da implantação do Preactor, somente parte dos recursos produtivos eram programados e administrados pelo PPCP, no restante dos recursos a programação era feita pelos líderes do setor produtivo. Esse processo tornava lentas as respostas de mudanças do PPCP solicitadas pela Área de Vendas, e, essas respostas levavam até dois dias para serem confirmadas.

A programação feita empiricamente pelos supervisores de produção, frequentemente levavam a situações de estoque elevado de um produto intermediário “A” e falta de um produto intermediário “B”, o que caracterizava a necessidade de nivelar a produção das injetoras, para não prejudicar a sequência das linhas de montagem.

Além das eventuais faltas de produtos intermediários para as linhas de montagem, a fábrica sentia necessidade de:

  • Melhorar o balanceamento de utilização de mão de obra e carga máquina de vários recursos.
  • Melhorar o planejamento de necessidades de matérias primas.
  • Melhor compatibilizar um plano de manutenção preventiva sem prejudicar a produtividade.
  • Ter melhor visibilidade das consequências de eventos imprevistos.

Foto4 Producao

Figura 4 – Piso de Fábrica da Mueller Lavadoras

 

SOLUÇÃO

 

Assim que o atual CEO John Mueller tomou conhecimento da abordagem que a Mueller Fogões estava fazendo com a APS3 – Preactor Gold Solution Provider –  convocou seu “staff” industrial, liderado pelo Diretor Adalberto Manfredini, para avaliar a oportunidade de implantar o Preactor também na Mueller Lavadoras e melhorar a qualidade da programação da produção.

Depois de realizado um piloto pela APS3 mostrando a viabilidade da solução, a Mueller Lavadoras aprovou a ideia da presidência e aderiu ao projeto do grupo em melhorar a programação fina da produção em todas as unidades.

O projeto iniciou-se em 08 de maio de 2013, com equipe de trabalho constituída de consultores da APS3 e colaboradores da Mueller Lavadoras, teve uma duração de seis meses e 507 horas de consultoria aplicadas pela APS3. O Preactor entrou em produção na Mueller Lavadoras em 25 de novembro de 2013, encerrando um projeto de sucesso total, tanto nos resultados quanto no planejamento e execução.

Foi utilizado um APS500 para sequenciar as injetoras, extrusoras e linhas de montagem, contemplando a alocação de materiais em operações independentes e a programação automática de coprodutos.

Foto5 Injetoras no Preactor

Figura 5 – Injetoras e Montagem sequenciadas pelo Preactor na Mueller Lavadoras

 

RESULTADOS

 

Nas palavras de Daniel Nichelatti, coordenador do PPCP da Mueller Lavadoras:

“O Preactor é uma ferramenta incrível e se usada corretamente, a empresa pode ter uma serie de ganhos produtivos que acabam reduzindo custos, tornando a empresa mais competitiva no mercado. Para muitos, as mudanças são dolorosas, porém necessárias. Se as mudanças não existissem, não existiria evolução e ainda viveríamos nas cavernas.

Acredito que o Preactor na Mueller Lavadoras irá trazer ainda muitos benefícios, além dos que já se concretizaram nesses três meses de uso. ”

  • Respostas do PPCP para as mudanças solicitadas pela Área de Vendas:
  • O que antes podia levar até dois dias, hoje com o Preactor é possível validar a alteração solicitada pelo Setor de Vendas com prazos de até 4 horas.
  • Balanceamento dos Estoques de Produtos Intermediários (Injetados):
  • Agora os estoques seguem nivelados para todos os produtos intermediários, girando de no mínimo um dia de estoque a no máximo cinco dias. Essa quantidade é relativa, dependendo do item, do seu custo e da sua criticidade.
  • Visualização de Falta de Matéria Prima:
    • As paradas de produção por falta matéria prima foram praticamente extintas no setor de injeção. Com o estoque correto no sistema é possível visualizar a falta de matéria prima no horizonte de sequenciamento e, com isso, fazer ajustes na programação ou solicitar a antecipação da entrega pelo setor de suprimentos da empresa.
  • Eliminação de Desperdícios:
  • Com a programação centralizada, ficou visível a otimização de Mão de Obra, de Hora Máquina e dos Estoques. Os recursos estão sendo utilizados de forma correta e na hora certa.
  • Melhoria Contínua:
  • Com o processo e estoques mais enxutos percebemos a necessidade de melhoria em algumas áreas como o sistema de manutenção preventiva e a redução de tempos das atividades que inferem no processo (setup e limpeza de moldes e máquinas). Assim conseguimos melhorar a produtividade dos recursos da organização.

Uma observação importante do PPCP da Mueller Lavadoras é a de que o Preactor trouxe vários benefícios indiretos para a produção, principalmente funcionando como fator de melhoria no controle de produção, uma vez que a programação atualizada diariamente acaba evidenciando possíveis falhas no apontamento de produção.